História









Origem

A história do café começou no século Vll. O café é originário das terras altas da Etiópia (possivelmente com culturas no Sudão e Quênia) transportado pelos mouros para o Egito e a Europa.[1]Mas, ao contrário do que se acredita, a palavra "café" não é originária de Kaffa — local de origem da planta —, e sim da palavra árabe qahwa, que significa "vinho"(قهوة), devido à importância que a planta passou a ter para o mundo árabe.[2]

Uma lenda conta que um pastor chamado Kaldi observou que suas cabras ficavam mais espertas ao comer as folhas e frutos do cafeeiro. Ele experimentou os frutos e sentiu maior vivacidade. Um monge da região, informado sobre o fato, começou a utilizar uma infusão de frutos para resistir ao sono enquanto orava.[3]

Parece que as tribos africanas, que conheciam o café desde a Antiguidade, moíam seus grãos e faziam uma pasta utilizada para alimentar os animais e aumentar as forças dos guerreiros. Seu cultivo se estendeu primeiro na Arábia, introduzido provavelmente por prisioneiros de guerra, onde se popularizou aproveitando a lei seca por parte do Islã. O Iêmen foi um centro de cultivo importante, de onde se propagou pelo resto do Mundo Árabe.

O conhecimento dos efeitos da bebida disseminou-se e no século XVI o café era utilizado no oriente, sendo torrado pela primeira vez na Pérsia.[4]

Na Arábia, a infusão do café recebeu o nome de kahwah ou cahue (ou ainda qah'wa, do original em árabe قهوة). Enquanto na língua turco otomana era conhecido como kahve, cujo significado original também era "vinho". A classificação Coffea arabica foi dada pelo naturalista Lineu.

O café no entanto teve inimigos mesmo entre os árabes, que consideravam suas propriedades contrárias às leis do profeta Maomé. No entanto, logo o café venceu essas resistências e até os doutores maometanos aderiram à bebida para favorecer a digestão, alegrar o espírito e afastar o sono, segundo os escritores da época.

Em 1881-1890 o café era o produto mais exportado no Brasil, com a porcentagem de 61,5.

Quer aprender mais sobre o mundo do café?
Nos siga no Instagram

Mais vendidos

Referências
Francis, John K. «Coffea arabica L. RUBIACEAE Factsheet of U.S. Department of Agriculture, Forest Service» (PDF) (em inglês). Fs.fed.us. Consultado em 7 de novembro de 2006
Antonio Carlos Maltez, Antonio (2017). «A história do café». Café do Antônio. Café do Antônio. Consultado em 29 de janeiro de 2018
Mexido de Ideias. «Origens do Café». Mexidodeideias.com.br. Consultado em 13 de janeiro de 2012
Clínica. «Vai um cafezinho aí?». Clinicabitellirigazzi.com. Consultado em 13 de janeiro de 2012
Amigo Nerd. «Como Montar uma Cafeteria e Livraria». Amigonerd.net. Consultado em 13 de janeiro de 2012
«O café no Brasil». A história do café. ABIC (Associação Brasileira da Indústria do Café). 2008. Consultado em 9 de outubro de 2008. Arquivado do original em 5 de março de 2010
«Abolição da escravatura - História». UOL Educação. Educacao.uol.com.br. Consultado em 13 de janeiro de 2012
Mergulhão, Benedito, O General Café e a revolução Branca de 1937, Irmãos Pongetti Editores, Rio de Janeiro, 1943
Mergulhão, Benedito: A Santa Inquisição do Café, Irmãos Pongetti Editores, Rio de Janeiro, 1940
Wikipedia.org

Product image
Product image
Product image

Cápula Dolce Gusto
BPA Free

No Crédito (até 12 vezes*)

De R$89,00

De R$179,00

No Boleto

De R$89,00

De R$179,00

 
R$ 169,00

Cápsula Nespresso BPA Free

No Crédito (até 12 vezes*)

R$84,00

R$64,90

R$168,00

R$94,90

No Boleto

R$84,00

R$74,90

R$168,00

R$104,90

R$ 169,00

Cápula Nespresso
BPA Free

No Crédito (até 12 vezes)

De R$89,00

De R$179,00

No Boleto

De R$89,00

De R$179,00

Carregando Ambiente Seguro